Issa Vibe-Nelson Freitas (feat. Jimmy P.)

Nelson freitas - Issa Vibe background
Issa Vibe-Nelson Freitas (feat. Jimmy P.)
Nelson freitas
Issa Vibe
81 Downloads download icon

ouvir musica

previous
play_pause
next
speaker
0:00
0:00

Baixar Musica MP3 download icon

  • Author: Nelson freitas(feat. Jimmy p)
  • Titulo: Issa Vibe
  • Categoria:
  • Ano: 2020
Nelson freitas - Issa Vibe Download mp3

biografia de Nelson freitas

Nelson Freitas, Nascimento: 1975, Países Baixos Nacionalidade: Holandês Cônjuge: Giselle Lopes (desde 2015) nasceu e cresceu na Holanda, apesar das suas raízes serem cabo-verdianas. Conhecido pela mistura de R&B, hip-hop e zouk que concebe nas suas músicas, oferecendo um flow e um estilo característico, não permitindo que o confundam. Outra particularidade de Nelson Freitas é a de só cantar em inglês ou em crioulo de Cabo Verde

O cantor, compositor e produtor agora também é dono de uma produtora, a GuettoZouk Music que agência artistas como Chelsy Shantel e William Araújo.

Nelson Freitas estreou-se no grupo Quatro Plus (mais conhecido por, Os Quatro), cuja rampa de lançamento da banda deu-se em 1997, com a música “Hoje em dia”, primeiro álbum, Mobass Presents. Seguiram-se três álbuns, uns atrás dos outros, 4-Voz, em 1998, Bem Conche,em 2002 e Última Viagem, em 2005.

Em 2006 Nelson Freitas decide ingressar numa carreira a solo e lança, Magic, que vendeu mais de 25.000 copias em todo o mundo.
Cantor holandês de origem cabo-verdiana está a angariar apoiantes por todo o mundo para apadrinhar todas as crianças órfãs e desfavorecidas da Guiné-Bissau.

Ainda com o enorme sucesso de “Miuda Linda”, cujo vídeo já ultrapassou os 12 milhões de visualizações.

 

 

biografia de Jimmy p

Joel Plácido, nome próprio, Jimmy P para a Música

Nasceu em Lisboa a 16 de Setembro de 1983. Filho de pais angolanos tem na personalidade e na alma a típica força africana. Sendo o seu pai Jorge Plácido (antiga glória internacional do futebol português), Jimmy sempre vivenciou culturas diferentes, facto que só enriquece o seu conhecimento e influência na elaboração do seu trabalho musical.

Com apenas 3 anos de idade foi viver para França; o seu pai iria representar o Racing Paris. Esteve na cidade luz apenas um ano, aos 4 volta para Portugal, mas desta vez para a cidade invicta; o seu pai viria jogar para o Futebol Clube do Porto (épocas onde brilhou a mais alta altura), tendo sido, inclusive, campeão europeu de clubes.

Com 8 anos volta para França, onde o seu pai, desta feita, iria representar o US Lusitanos; permaneceu lá até aos 16. Com essa mesma idade, regressa a Portugal e novamente para o Porto, onde se enraíza. É nessa altura que Jimmy começa a dar os primeiros passos na música. Trazendo de França o gosto e o hábito de ouvir Rap, e intitulando-se de “Supremo G”, começa a escrever as suas primeiras letras, passando para o papel as suas vivências, a forma como vê o mundo, ideias e ideais.

Aos 19 anos participa no primeiro álbum (de nome “B.I.”) duma das bandas de maior nome no panorama musical português da actualidade – os Expensive Soul. Na música “Dá-me o Teu Groove” e rimando em francês, Jimmy tem a sua maior experiência musical até então.

Em 2005, com o grupo Crewcial (Jimmy P., P.A.Z. e DiggyKappa) é lançado o álbum “Ombuto – A Semente”. Com uma aceitação incrível, não só dos fãs, mas também de todo o movimento do Hip-Hop, é a partir dessa altura que Jimmy começou a acreditar, ainda mais, no seu potencial e que poderia chegar muito longe. Estava, decididamente, destinado a brilhar nos palcos e não nos campos de futebol, ao contrário do seu pai…
Depois de passar por um processo natural de maturação e crescimento musical (abordando uma grande variedade de temas, não se fixando apenas e só no “rap intervenção”, como é tão comum nesta variante da música), começa a desenvolver o seu trabalho a solo. O lançamento de alguns trabalhos como as Mixtapes “Ilegal Promo” e “Live On Stage” (com, respetivamente, 10000 e 15000 downloads em, aproximadamente, duas semanas cada uma) e mais recentemente o seu projeto mais íntimo, mais musical, mais completo e que melhor retrata e define Jimmy P.
Atualmente – “Momento da Verdade”, confirmam o seu estatuto como um dos artistas independentes mais ouvidos.
Por outro lado, as colaborações e participações para que tem sido solicitado têm-no enriquecido e tornado num dos artistas mais badalados de há já algum tempo a esta parte.
Tendo entrado, por exemplo, em projetos de renome como a coletânea “Rascunhos” (produzida por Conductor dos Buraka Som Sistema), ou as Mixtapes “De Volta ao Serviço” (Dj Cruzfader) e “Re-programação” (Dj Player); tendo vindo a colaborar com diversos artistas do panorama musical lusófono como os Expensive Soul (já citados), Valete, Dengaz, Bezegol, Xibata, Damani Van Dúnem, Chullage, etc., tornam-no num dos músicos mais solicitados e referenciados.

Atualmente e por se identificar com tantas influências musicais (Hip-Hop, Reggae, R&B, Soul, Funk), pode-se dizer que “Fusão” é o estilo musical que mais pratica e onde se sente mais à vontade.
De momento, e em paralelo com os concertos/shows que tem vindo a realizar de norte a sul do país com o conjunto de seu próprio nome – Jimmy P. (banda esta, composta por músicos fantásticos e com vasta experiência e reputação na área, tornando e elevando os seus espectáculos para um nível muito superior e de elevada consideração), encontra-se em estúdio a trabalhar no seu álbum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *